Gases Industriais em SP

Venda de gás industrial, locação de gás industrial

Gás Acetileno

Número de risco: 233
Número da ONU: 1001
Classe ou Subclasse de risco: 2.1
Descrição da classe ou subclasse de risco: GASES INFLAMÁVEIS.
Grupo de embalagem: NA

Aspecto: Gás inflamável, pode conduzir espontaneamente a violenta reação. O acetileno puro é incolor e inodoro. As impurezas contidas no acetileno geram um odor característico de alho, devido à presença de Arsina.

É normalmente encontrado dissolvido em meio líquido Acetona. Incompatibilidade química: Incompatível para produtos da subclasse 2.3 que apresentem toxicidade por inalação LC50 1000ppm.

Incompatível para os produtos da subclasse 4.1 ONU: 3221, 3222, 3231 e 3232 e subclasse 5.2 ONU: 3101, 3102, 3111 e 3112. Incompatível para os produtos da subclasse 6.1 do grupo de embalagem I.

EPI: de uso exclusivo da equipe de atendimento a emergência: Óculos de proteção, luvas, roupas anti-chamas e botas. Em caso de emergência: Equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas contra incêndio.

O EPI do motorista está especificado na ABNT NBR 9735.

RISCOS

Fogo: Ponto de Fulgor: -17,8ºC (0ºF). Pode se decompor violentamente no seu estado livre e sob pressão que exceda 15PSIG.

Causa fogo imediato e risco de explosão quando em concentrações que excedam 2,5%. Altas concentrações que causarão sufocação estão dentro dos limites de inflamabilidade e não devem ser atingidas.

Os cilindros podem romper violentamente se as paredes laterais estiverem expostas a chama direta.

Calor excessivo ou fogo causará um derretimento do fusível do equipamento de alívio de pressão, permitindo assim que o acetileno escape.

Saúde: Inalação: o acetileno é um asfixiante simples.

Deve ser notado que antes de ocorrer sufocação, o limite inferior de inflamabilidade do acetileno no ar será atingido, possivelmente causando uma atmosfera deficiente em oxigênio e inflamável.

A exposição a concentrações moderadas pode causar tontura, dor de abeça e inconsciência.

Meio Ambiente: Nenhum efeito ecológico adverso é esperado. O acetileno não contém qualquer material destruidor da camada de ozônio Classe I ou Classe II (40 CFR Parte 82).

O acetileno não está listado como poluente marinho pelo DOT (49 CFR Parte 171).

Dilui rapidamente em áreas ventiladas. O vapor do gás é mais leve que o ar. Solubilidade em água: Leve.

EM CASO DE ACIDENTE

Vazamento: Isole a área e afaste os curiosos. Elimine todas as fontes de ignição. Não fume na área de risco. Impeça que ocorram fagulhas e chamas.

Todo o equipamento utilizado no manuseio de produto deve estar aterrado. Eliminar qualquer possível fonte de ignição ou fornecer uma ventilação a prova de explosão. Fechar a fonte de acetileno, se possível. Isolar qualquer cilindro que esteja vazando. Caso haja vazamento proveniente de cilindro, válvula ou equipamento de alívio de pressão, contatar seu fornecedor. Isole a área até que o gás tenha sido dispersado. Evite a penetração do gás em rede de esgotos, sistemas de ventilação ou áreas confinadas.

Fogo: Agentes extintores: Dióxido de Carbono, Pó químico e Água. Fechar a saída de acetileno, se possível. Extinguir o fogo somente se o fluxo puder ser parado. Manter os cilindros adjacentes resfriados através de borrifação em grandes quantidades de água até que o fogo desapareça e os cilindros estejam resfriados. Se uma chama estiver extinta e o acetileno continuar a vazar, poderá ocorrer uma re-ignição explosiva. Bombeiros devem usar equipamento de respiração autônoma e roupas de combate ao fogo.

Poluição: Dilui rapidamente em áreas ventiladas. Avisar a Defesa Civil, fone 199 – ligação gratuita.

Envolvimento de Pessoas: Remova a vítima para o ar fresco. Solicite assistência médica de emergência. Se a vítima não estiver respirando, aplique respiração artificial. Mantenha a vítima aquecida e imóvel. No caso de queimaduras causadas por fogo, cubra a vítima e não apalpe.

Informações ao Médico: A aspiração de Acetona aguda pode causar sérios danos aos pulmões. O tratamento deve ser dirigido para o controle dos sintomas e condições clínicas. Nenhum antídoto específico é conhecido. A superexposição aguda pode incluir sinais e sintomas de lacrimejamento dos olhos, irritação do nariz e garganta, dor de cabeça, vertigem, respiração difícil, tosse freqüente ou dores no tórax, podendo causar edemas pulmonares, asfixia e morte. Quando há freqüência de inalação, sua acumulação nos pulmões pode ser observada em áreas densas nas radiografias do tórax, mas dependerá da proporcionalidade do tempo da exposição. Mas há de se verificar se estas áreas detectadas não são causadas por fatores externos não relacionados ao trabalho como por exemplo uma enfermidade pulmonar, fumo, etc. manter a vítima sob observação até que os sintomas desapareçam.

CARACTERÍSTICAS

Cor do Cilindro: Vermelho

Principais Aplicações: Usado no processo oxi-combustível, solda, corte, brasagem, aquecimento, goivagem

Principais Setores: Na indústria mecânica, caldeiraria, metalurgia, siderurgia, funilaria em todos os processos que exigem velocidade de corte, menor distorção da peça cortada, menor tempo pré-aquecimento, menor consumo de oxigênio

Principais Cuidados: Manter em local ventilado, não expôr ao calor; manter os cilindros bem fixados evitando sua queda

Cilindros: 01, 03, 05, 07, 08, 09 Kgs

Gás Hélio

Número de risco: 20
Número da ONU: 1046
Classe ou Subclasse de risco: 2.2
Descrição da classe ou subclasse de risco: GASES NÃO-INFLAMÁVEIS, NÃO TÓXICOS.
Grupo de embalagem: NA

Aspecto: Gás asfixiante, incolor, inodoro e insípido.

Incompatibilidade química: Incompatível para os produtos da subclasse 4.1 ONU: 3221, 3222, 3231 e 3232 e subclasse 5.2 ONU: 3101, 3102, 3111 e 3112.

EPI: de uso exclusivo da equipe de atendimento a emergência: Óculos de proteção, luvas de couro, avental e botas. Em caso de emergência: Equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas contra incêndio. O EPI do motorista está especificado na ABNT NBR 9735.

RISCOS

Fogo: Hélio não é inflamável, mas é um gás a alta pressão e os recipientes podem se romper devido ao calor.

Em caso de ruptura, os fragmentos do cilindro se projetam violentamente, podendo ocasionar ferimentos graves ou óbito de pessoas que se encontrem em suas proximidades.

Saúde: Inalação: Asfixiante simples. O hélio não é tóxico, mas pode causar sufocação pelo deslocamento do oxigênio no ar. Falta de oxigênio suficiente pode causar dano sério ou morte.

A exposição a atmosferas deficientes de oxigênio pode provocar  dor de cabeça, sonolência, tontura, náusea, vômito, excesso de salivação, perda da consciência e morte. Os vapores podem causar tonturas ou asfixia.

Meio Ambiente: O Hélio não é tóxico. Não se espera nenhum efeito ecológico.

O hélio não afeta camada de ozônio Classe I ou Classe II (40 CFR Parte 82).

O hélio não está listado como poluente marinho pelo DOT (49 CFR Parte 171). O vapor do gás é mais leve que o ar. Solubilidade em água: praticamente insolúvel.

EM CASO DE ACIDENTE

Vazamento: Isole a área e afaste os curiosos. Evacuar área imediatamente. Aumentar a ventilação para liberar a área e monitorar o nível de oxigênio. Usar Equipamento de Proteção Respiratória Autônoma (EPR). Caso o vazamento seja proveniente do cilindro ou sua válvula, ligar para o telefone de emergência da Air Products. Se o vazamento for no sistema do usuário, fechar a válvula de cilindro e liberar pressão antes de iniciar reparos.

Fogo: Agentes Extintores: Hélio não é inflamável e não mantém a combustão. Usar meios de extinção adequado para fogo ao redor. Hélio é um asfixiante simples. Se possível, remover os cilindros de hélio da área do fogo ou resfriá-los com água. Equipamento de Proteção Respiratória Autônoma (EPR) pode ser necessário para a equipe de resgate. Riscos Incomuns de Fogo ou Explosão: Sob exposição ao calor intenso ou chama, o cilindro liberará produto rapidamente ou sofrerá uma ruptura. A maioria dos cilindros é projetada para liberar conteúdos quando expostos a temperaturas elevadas. Pode haver formação de pressão no cilindro devido ao aquecimento e pode ocorrer ruptura se o equipamento de alívio de pressão falhar. Bombeiros devem usar equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas de combate ao fogo.

Poluição: O gás será dissipado rapidamente em áreas bem-ventiladas. Avisar a Defesa Civil, fone 199 – ligação gratuita.

Envolvimento de Pessoas: Remova a vítima para o ar fresco. Solicite assistência médica de emergência. Se a vítima não estiver respirando, aplique respiração artificial. Se a respiração estiver difícil, administre oxigênio. Mantenha a vítima aquecida e imóvel.

Informações ao Médico: Relatar que a vítima foi atingida por  Hélio a alta pressão. O tratamento da superexposição é para o controle dos sintomas e das condições clínicas. Este gás é inerte, portanto em nada agravando com a superexposição, doenças já existentes.

CARACTERÍSTICAS

Cor do Cilindro: Laranja
Principais Aplicações: Usado nos processos de soldagem
Principais Setores: Em indústria eletrônica usado nas misturas respiratórias de mergulho; usado também para enchimento de balões de festas e promocionais
Principais Cuidados: Manter em local ventilado, não expôr ao calor e chamas; evitar choques mecânicos
Cilindros: 07 ( 100 balões), 10 (150 balões), 15( 220 balões), 20 ( 300 balões),  40 (600 balões), 50 ( 1000 balões) Lts – Cálculo aproximado para balões nº 6

Gás Argônio

Número de risco: 20
Número da ONU: 1006
Classe ou Subclasse de risco: 2.2
Descrição da classe ou subclasse de risco: GASES NÃO-INFLAMÁVEIS, NÃO TÓXICOS.
Grupo de embalagem: NA

Aspecto: Gás asfixiante, incolor, inodoro e insípido. Incompatibilidade química: Incompatível para os produtos da subclasse 4.1 ONU: 3221, 3222, 3231 e 3232 e subclasse 5.2 ONU: 3101, 3102, 3111 e 3112.

EPI: de uso exclusivo da equipe de atendimento a emergência: Óculos de proteção, luvas de couro, avental e botas.
Em caso de emergência: Equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas contra incêndio.

O EPI do motorista está especificado na ABNT NBR 9735.

RISCOS

Fogo: Não pega fogo, pode ser usado como agente extintor.

Pode causar uma sufocação rápida quando as concentrações são suficientes para reduzir os níveis de oxigênio abaixo de 19,5%.

O recipiente pode explodir se entrar em contato direto com o fogo, em caso de ruptura, os fragmentos do cilindro se projetam violentamente, podendo ocasionar ferimentos graves ou óbito de pessoas que se encontrem em suas proximidades.

Saúde: Pode provocar asfixia através da diluição da concentração de oxigênio no ar abaixo dos níveis de sustentação da vida.

A exposição a atmosferas deficientes de oxigênio pode provocar tontura, náusea, vômito, perda da consciência e morte.

A morte poderá resultar de erro de julgamento, confusão mental ou perda da consciência que coíbe o processo de salvamento do próprio indivíduo.

As concentrações baixas de oxigênio, a perda da consciência e morte poderá ocorrer em segundos sem alerta.

Meio Ambiente: Não tóxico, dilui no ar atmosférico. O vapor do gás é mais pesado que o ar.Solubilidade em água: ligeiramente solúvel.

EM CASO DE ACIDENTE

Vazamento: Isole a área e afaste os curiosos. Evacue o pessoal da área de risco. Ventile a área ou remova os cilindros para uma área bem ventilada. Feche o cilindro se não houver risco. Teste a área para ver se tem oxigênio suficiente antes de permitir o retorno do pessoal. Não permita a entrada do produto em bueiros, rede de esgotos ou áreas confinadas. Isole a área que o gás tenha se dispersado.

Fogo: Agentes extintores: Pó químico seco (PQS), gás carbônico (CO2), neblina de água ou espuma normal. Evacue a área de risco e de forma abrigada na maior distância possível inicie o resfriamento dos recipientes com jatos de água pulverizada, após resfria-los, remova-os para longe da área do fogo. Durante a utilização, arcos e faíscas podem ser fonte de ignição dos materiais combustíveis. Qualquer parte dos recipientes não deve entrar em contato com temperatura maior que 52ºC aproximadamente 125ºF, pois existe o risco de se romper ou explodir com o calor do fogo. Bombeiros devem usar equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas de combate ao fogo.

Poluição: Não polui, dispersivo no ar atmosférico. Avisar a Defesa Civil, fone 199 – ligação gratuita.

Envolvimento de Pessoas: Pessoas que estiverem eventualmente sofrendo de falta de oxigênio devem ser removidas a áreas com atmosfera normal. Poderá ser necessária a utilização de aparelhos de respiração por parte do pessoal do salvamento. Respiração mecânica ou oxigênio deverá ser administrado a vítima que não estiver respirando.

Informações ao Médico: Relatar que a vítima foi atingida por argônio a alta pressão. O tratamento deve ser dirigido para o controle dos sintomas e condições clínicas. Alguns gases tóxicos associados com processos de soldagem e correlatos podem causar edema pulmonar, asfixia e morte. Manter a vítima em observação até que os sintomas desapareçam.

CARACTERÍSTICAS

Cor do Cilindro: Marrom

Principais Aplicações: Indicado no processo de soldagem manual de alumínio, aço inóx, cobre; aplicado no processo TIG, MIG e Plasma; também usado como gás de proteção no processo de soldagem à laser

Principais Setores: Indústria caldeiraria, manutenção industrial, equipamentos industriais em geral

Principais Cuidados: Manter em local ventilado, não expor ao calor; manter os cilindros bem fixados evitando sua queda

Cilindros: 07, 15, 20, 40 e 50 lts

Oxigênio Industrial

Número de risco: 25
Número da ONU: 1072
Classe ou Subclasse de risco: 2.2
Descrição da classe ou subclasse de risco: GASES NÃO-INFLAMÁVEIS, NÃO TÓXICOS.
Grupo de embalagem: NA

Aspecto: Gás oxidante (intensifica o fogo), comprimido a alta pressão. O oxigênio gasoso é incolor, inodoro e insípido.

Risco subsidiário na classe 5.1 – Oxidante. Incompatível para produtos da subclasse 2.3 que apresentem toxicidade por inalação LC50 < 1000ppm. Incompatível com a classe 3 e 8. Incompatível para produtos da subclasse 4.1 ONU:3221, 3222, 3231 e 3232 e subclasse 5.2 ONU: 3101, 3102, 3111 e 3112. Incompatível para os produtos da subclasse 6.1 do grupo de embalagem I.

EPI: de uso exclusivo da equipe de atendimento a emergência: Óculos de proteção, luvas, roupas de puro algodão, avental e botas. Em caso de emergência: Equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas contra incêndio.

O EPI do motorista está especificado na ABNT NBR 9735.

RISCOS

Fogo: O produto não queima, mas mantém a combustão.

O Oxigênio acelera a combustão. Alguns materiais que não são combustíveis no ar, queimarão na presença de uma atmosfera rica em oxigênio (maior do que 23%). Vestuário resistente a fogo pode queimar e não oferece nenhuma proteção em atmosferas ricas em oxigênio. O Oxigênio pode formar compostos explosivos quando expostos a materiais combustíveis ou óleo, gordura e outros materiais hidrocarbonetos.

Pode haver aumento de preço no cilindro devido ao aquecimento e pode ocorrer ruptura se o equipamento de alívio de alta pressão falhar. Sob exposição a aquecimento intenso ou chama, o cilindro irá liberar o gás rapidamente e/ou romperá violentamente.

Saúde: Inalação: A inalação de 80% ou mais oxigênio em pressão atmosférica por mais de uma hora pode causar irritação nasal, tosse, dor de garganta, dor no tórax e dificuldade de respiração.

A inalação de oxigênio a alta pressão aumenta a probabilidade de efeitos diversos dentro de um curto período de tempo.

A inalação de oxigênio puro sob pressão pode causar dano ao pulmão e também efeitos ao sistema nervoso central, resultando em tontura, coordenação fraca, sensação de formigamento, distúrbios visuais e de audição, dores musculares, inconsciência e convulsão. A inalação de oxigênio pode causar prolongação e adaptação a escuridão e visão periférica reduzida.

Meio Ambiente: Não tóxico, dilui no ar atmosférico. O vapor do gás é mais pesado que o ar. Solubilidade em água: Ligeiramente solúvel.

CARACTERÍSTICAS

Vazamento: Isole a área e afaste os curiosos. Mantenha materiais combustíveis (madeira, papel, óleo, graxa, etc) afastados da área onde o vazamento está ocorrendo. Fechar a fonte de saída de oxigênio, se possível. Aumentar a ventilação na área de liberação de produto. Pessoas que tenham sido expostas a altas concentrações de oxigênio, devem ficar em área bem ventilada ou aberta por 30 minutos antes de entrar em ambiente confinado ou próximo a uma fonte de ignição. Caso o vazamento seja proveniente do cilindro ou sua válvula, ligar para o telefone de emergência da Air Products. Caso o vazamento seja no sistema do usuário, fechar a válvula do cilindro e liberar pressão antes de iniciar reparos.

Fogo: Meio de Extinção Apropriado: O oxigênio não é inflamável, porém mantém a combustão. Usar um meio adequado de extinção para o incêndio ao redor. Instruções Especiais para Combate ao Fogo: Evacuar toda a área. Se possível, fechar o fluxo de oxigênio que está mantendo o fogo. Imediatamente, resfriar os cilindros com spray d’água a uma distância máxima possível. Após resfriados, remover os cilindros da área do fogo, se possível e sem risco. Bombeiros devem usar equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas de combate ao fogo.

Poluição: Não polui, dispersivo no ar atmosférico. Avisar a Defesa Civil, fone 199 – ligação gratuita.

Envolvimento de Pessoas: Remova a vítima para o ar fresco. Solicite assistência médica de emergência.
Se a vítima não estiver respirando, aplique respiração artificial. Se a respiração estiver difícil, administre oxigênio. Mantenha a vítima aquecida e em repouso.

Informações ao Médico: A obstrução das vias aéreas durante alta tensão de oxigênio, pode causar colapso alveolar seguido de absorção de oxigênio, similarmente, a oclusão dos tubos de Eustáquio, pode causar retração do tímpano e a obstrução das paredes paranasais produzindo uma dor de cabeça “tipo vácuo”. Todos os indivíduos expostos, por longos períodos a oxigênio em alta pressão e que exibir alto nível de toxicidade de oxigênio, deve passar por exames oftalmológicos.

CARACTERÍSTICAS

Cor do Cilindro: Preto

Principais Aplicações: Utilizado em todos os processos oxi-combustíveis (solda e corte), além de corte-plasma e laser

Principais Setores: Uso nas indústrias mecânicas, caldeiraria, metalurgia, siderurgia e funilaria

Principais Cuidados: Evitar contato com óleos, graxas e outros derivados do petróleo; manter os cilindros em lugar ventilado e muito bem afixados à parede

Cilindros: 05, 07, 10, 15, 20, 30, 40 e 50 Lts

Entre em contato conosco, solicite um orçamento e confira nossos preços: gás industrial, locação de gás industrial, gás medicinal, locação de gás medicinal